Bem Vindo Willkomen Bienvenu

Bem Vindo ao blog arte sacra funchal, onde são mostrados trabalhos de arte sacra , trabalhos de Marco Funchal em pinturas, azulejos e arquitetura. A arte sacra é uma forma de evangelização, evangellizar por meio da beleza. Agradeço pela visita. e-mail: funchalmarco@hotmail.com
(11) 5071 3808, Brasil. whattsapp (11) 962620768, oi.

domingo, 26 de junho de 2011

capela casa paroquial São José

Cristo Pantocrator atrás o císculo, cinal de plenitude e unidae, Crisot possui a Bíblia, o livro da vida, com ac ruz, marca por excelência do cristianismo. A estola está presente, sinal de que Cristo é o único sacerdote vivo.
Nas laterias foram pintados os anjos Miguel e Gabriel, tendo ao centro a imagem do Espírito Santo em forma de pomba, como descrita nos Atos dos Ap´sotolos o dia de Pentecostes.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Comunidade Sagrado Coração

A comunidae Sagrado Coração se localiza no Jardim Clímax, São Paulo-SP. É uma comunidade onde a Ordem das Merces está presente.
Com o esforço de propiciar um ambiente litúrgico, em sintonia com as novas posturas pastorais, se realizou uma ampla reforma de modo a valorizar e melhor receber a comunidade dentro de uma dimensão didática e pastoral.
Foi construído um novo presbitério, mais a frente aproximando-o da assembléia, de modo que o altar, o ambão e a cátedra foram compostos em granito branco, o que oferece uma unidade visual e estilística.
Ao fundo foi está a nova pintura de Cristo como Sagrado Coração, que tem nas laterais os seguintes fatos: o natal e a agonia no Hosto das Oliveiras, essas passagens são inspiradas em uma obra de Santo Afonso de Ligório, que reflete a espiritualidade do Sagrado Coração, nessa obra são focados vários momentos do Sagrado Coração mas foram focados de modo resumido dois momentos a saber: um a alegria do coração de Maria com o nascimento e o outro a agonia do Sagrado Coração diante do sofrimento.
Somado a isto foram colocados os símbolos dos 4 evangelistas, anjo, boi, leão e águia, resgatando a profundidade deste simbolismo além de oferecer uma unidade com o Evangelho, pois Eucaristia e Palavra forma uma unidade.




detalhe da pia batismal, onde utilizou-se de granito branco, de modo a auxiliar com a unidade dos elementos litúrgicos. Ão se localizar o batistério em ponto diferenciado, se permite destacar a diferença sacramental realçando a força da simbologia batismal.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Capela Nossa Senhora das Merces, Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro há presença da Ordem as Merces, onde uma comunidade recebeu esta pinutra.
Ao centro a imagem de Nossa Senhora, Virgem das Merces, com o Meninom Jesus, deste mod nçao se per o referencial cristocênctrico.
Na lateral direita  afigura de São Pedro Nolasco, fundado da Ordem,do lado oposto comparecem os cativos recentemente libertados, aos que não conhecem o histórico da Orem poderiam questionar, mas a explicação decorre do carisma d aOrdem das Merces, fundada para a libertação dos escravizados.


Nossa Senhora de Fátima

A paróquia de Nossa Senhora de Fátima recebeu um compexo projeto de modo a criar um espaço celebrativo e valorizar o espaçõ do presbitério, mas também da nave criando-se capelas sacramentiasm, de modo a destacar o cvalor dos sacramentos, especialmente do Batismo e da Eucaristia.
No presbitério fo realizada a narrativa dos Mistérios do Santo Rosário, centralizando-se na imagem da Theotokos, isto é da Mãe de Deus, hedada da tradição bizantina, onde Nossa Senhora está sentada com o Menisno Jesus, desse modo não se perde a centralidade de Cristo e o local que Nossa Senhora tem como serva perfeita de Jesus Cristo.
Ao fundo foram elaborados os Mistérios da Alegria,, na lateral, próxima ao ambão da Palavra os Mistérios Luminosos, uma vez que nestes mistérios se contempla os aspectos públicos da missão de Cristo.  Na lateral oposta foram colocadas as pinturas iconográficas de São Pedro e São paulo, colunas da Igreja, tendo como centro a cena do Pentecostes, o nascimento da Igreja. Um outra iconografia de São jpsé também foi adicionada, de modo a recordar o papel relevante que São José oferec


e a Jesus.



Catedral de Araçatuba

Na  Catedral de Araçatuba se definiu a pintura do Bom Pastor, tema adequado para uma Catedral.

São 7 cordeiros rodeiam Cristo, sinalizando a pelnitude do rebanho. As cores, em tons ocre estão em degradè, de modo a compor uma imagem de forte unidade, ao fundo a linha do horizonte que evoca o horizonte da missão, que intersecciona o círculo onde está Cristo, revelando que na caminhada desta missção se encontra Cristo, se mostrando portanto próximo, e não somente próximo, mas também capaz de levantar a ovelha mais fraca em teus próprios ombros.
Podemos perceber que as ovelhas mais distantes estão mais desanimadas, o que não é gratuito, estão assim porque ainda não caminharam o suficiente, mas estão seguindo o caminho que dá vida e vida em plenitude.

a arte na Paróquia São Benedito


A algum tempo foi elaborada uma iconografia na igreja de São benedito, na Vila Sônia, São paulo. Em primeiro lugar o santo é franciscano, o que já é um ponto de partida para a elaboração do que chamamos de programa iconográfico,  o que seria um programa iconográfico, uma sequeência de pinturas unidas por uma determinada lógica teológica e estética.
Antes de mais nada precisamos de um centro, o padroeiro é ^Soa Benedito, mas o santo não é o centro da igreja, o centro é Cristo, logo,  o qual uma iamgem franciscana típica para ilustrar Cristo, a resposta pareceu imediata, a Cruz de São Damião
A cruz de São Damião foi recolhifda pelo prórpio São Francisco de Assis para restaurar a capela desse santo, trata-se de uma cruz de caráter bizantino com forte narrativa teológica.
A cruz de São Damião é uma cruz teológica, ela possui as caracte´risticas da arte medieval, ela nega uma prepresentação convencional, anula a perspectiva e efeitos de luz e sombra., ela é construída num meio bi-dimencsional.

Homens e mulheres são testemunhas de Cristo crucificado, Maria , Mãe de Deus, os discíspulos, Maria de Cléofas, Maria Madalena e o centurião., ao redor anjos, como testemunhas, reforãndo que esta missão terrestre possui uma alinaça com a missão celeste.
 Mas a História da Salvação não pára na cruz, desse modo a cruz de São Damião não apresenta Cristo morto, mas com olhos abertos, dando a perspectiva da ressurreição, sinalizada no alto da cruz, com Cristo em ascenção.





Nas laterais comparecem as outras pinturas, e este aspecto é importante ressaltar, onde comparecem São Benedito, São Francisco de Assis e Santo Antonio.







terça-feira, 21 de junho de 2011

ANJOS

Anjo, do grego aggelos αγγελος, mensageiro, interessante que a palvra anjo pouco vairiou entre as línguas latinas, preservando de agum modo, seu significado inicial.
O anjo é uma figura mística, a idéia do homem alado, que atinge as alturas, tão inacessíveis aos antigos,  revelando portanto uma idéia de atingir o inalcançável. O alto só poderia ser mesmo o espaço da simbologia divina, a luz do sol e das estrelas e seus fenômenos astronomicos revelando ou simbolizando fenômenos na Terra revellando ummsiterioso elo de ligação entre a Terra e o Céu.
Hoje a linguagem Céu para se referi a um lugar divino ainda existe, mas não localizamos mais exatamente no céu de nosso planeta, no entnato para a simbologia  uma referência celeste nunca esgota seu poder visual.

anjo na comunidade Bom Pastor de Blumenau

aspecto da pintura de anjo na capela do Santíssimo da comunidade Bom Pastor de Blumenau.
O anjo como o acolhedor apresentnado com a mão o sentido em que se encontra o sacrário.

Comunidade Bom Pastor

Na comunidade Bom Pstor, Jardim Brasília, Arquidiocese de São Paulo, foi realizada uma grande pintura com o tema do Bom Pastor,Jesus Crsito com olhar doce ao seu rebanho.
foto de 2015 com as mesmas características de 4 anos atrás.

O manto vermelho, que cobre Jesus, representa  asua divindade, a ovelha nos ombros resgata uma clássica imagem paleo cristã.
O círculo, por detrás do Cristo é sinal de comunhão e unidade e axilia na composição oferecendo destaque maior à imagem primordial que uma igreja deve ter, jesus Cristo.

As formas sinuosas recordam as montanhas, os caminhos.
A Capela do Santíssimo, na lateral segundo as recomendações dos documentos da Igreja, recordam os anjos guardiáes da arca da Aliança, tema já clássico na iconografia cristã.
Elementos bizantinos e da antiguidade são aqui reverenciados como a forma das vestes e das asas.

No alto a imagem dos pássaros, no caso 7, devido à sua forte carga simbólica, a recordar as parábolas
link com mais fotos  .http://www.architizer.com/en_us/projects/view/pinturas-na-igreja-bom-pastor/24780/?mode=ct

Design gráfico na arte sacra

Execução de cartões e cartazes segundo uma proposta evangelizadora, a imagem possui capacidade de transmissção da mensagem, a serenidade, as poucas linhas, a limpeza gráfica aproxima de uma arte que busca o despojado, o simples .
o círculo, sinal de alianã, unidade, no centro Cristo, centro de todas as coisas, ao lado Maria, que aponta ao Cristo e ao lado o servo, que de fora entra no círculo, na dinâmica da comunhão.

cartão de natal de Dom Manuel Parrado Carral, São josé, à direita, com a mão mostra Nossa Senhora com o Menisno Jesus, ao fundo a árvore, que recorda o tronco de Jessé, a vida e o louvor da criação, o que se reforça pela suave inclinação que essa árvore tem no sentido de proteger o Menino Jesus.
O cordeiro próximo a São José, que resgata toda a simbologia presente no Antigo Testamento, a oferta.


folder para a Pastoral Vocacional, onde se evidenciam diferentes carismas e pssoas na dinâmica de uma procisção de ofertório, embora diferentes, todos formam U, os dosn são recebidos pelo presbítero, que com a mão ao alto revela que toda a oferta não se restringe a este mundo mas se reportam ao Deus Criador. entre o sacerdote e a a´rea branc acomparece a árvore, sempre desenhada nas outras obras, e as cas que revela a situação de cidade, pois hoje, mais do que nunc ao contexto urbano está fortemente presente na vida social.
  As letras simples procuram dialogar com a simplicidade do desenho e evocar a simbologia do vermelho, cor associada ao Espírito Santo.
carimbo para a paróquia Bom Pastor da região Episcopal Brasilândia.

vitrais, processo de criação e arte.

Projetos e desenhos em vitrais de comunidades e paróquias.
Não podemos entender o vitral apenas como um adorno, mas sim como uma oportunidade de propor um tema teológico. De fato nas cmunidades há pedidos pessoais para a colocação de determinados santos ou beatos, o que pode ocorrer, uma vez que estamos trabalhando com referências na nave da igreja, no entanto propor um projeto dinâmico, atual é aporximá-lo de uma proposta de evangelização viva.

vitral de São Mateus na igeja São joão Evangelista de Ibaté, SP. os evangelistas foram representados em sintonia com o padroeiro da paróquia, que está entre um dos evangellistas canônicos, por outro lado desenvolver um tema com os evangelistas é auxiliar na catequese valorizando cenas dos Evangelhos e seus simbolos. O anjo é simbolo do evangelista Mateus, pois o anjpo se refere ao homem, São Mateus narra de modo muito próximo a realdade dos pobres e empobrecidos, aos pequeninos o Evangelho é anunciado como uma esperança de vida nova por meio de uma nova prática de vida.

fragmento de vistrais presentes na Capela Maria Imaculada, onde são narrados os 4 elementos fundamentais do mundo antigo, água, terra, ar e fogo.

detalhe do processo de projeto dos vitrais.


Azulejos na região episcopal Sé

Na fachada da cúria da regição episcopal Sé, foi desenvolvido um painel em azulejos envolvendo uma simbologia já a muito tempo presente nos artigos publicados. Na regição Episcopal Sé, se desenvolveu uma parceira entre arte e teologia pastoral e esta caminhada se tornou petrificada na azulejaria.
exemplo de folhagem presente no site da regição Episcopal Sé

painel em azulejos desenvolvido na fachada da Cúria regional, localizada na avenida Pacaembu, Sção Paulo-SP
Ao centro temos a imagem de Cristo ressuscitado, com os braços abertos, sinal de acolhida de todos os povos e pessoas. Ao lado está o povo que contempla o Cristo e é acolhido pelo manto de Nossa Senhora que mostra com as mãos o Cristo, ela olha tanto a Jesus quanto ao povo.O povo está  reunido em semi circulo, o que  representa o protótipo de uma comunidade que contempla com esperança. A Jerusalém celeste, representada pelas casas a formar uma  cidade onde está no centro o Cordeiro Pascal, cujo sangue jorra até ao povo, cujas vestes foram lavadas e alvejadas pelo snague do Cordeiro, uma referência ao Apocalipse de São João. Envolvendo toda a cena está a árvore da vida, a nova árvore, que em movimentos circulares abraça toda a parte superior revelando que a vida é o projeto fundamental.



ο καθένας χρειάζεται αυτό το γλυκό ..todo o mundo precisa do doce

O idioma grego revela com profundidade aspectos da linguagem, que raras vezes prestamos atenção.
o Kosmos, grego, que deriva a palavra cosmo em portugues aplicado no sentido de universalidade nos passa não raras vezes por despercebida. O filósofo Heidegger comenta a distinção entre cosmo e mundo, onde mundo seria um anoção mais limitada desse cosmos, podendo se entender o mundo como uma comunidade definida, coo por exemplo o mundo dos cristãos, o mundo dos gentios e etc.
O espaço religioso se interliga com noções cósmicas, isto é com o sil, com a água, com a terra,com a pedra e etc. Pena que nossas grande sciddes impedem muitas vezes de cosntuir uma igreja orientada a leste, no sentido de sol nascente, poderíamso perguntar o sentido disso, uma vez que a civilização insdustrial edifica um mundo tão desapegadoo do mundo natural que acaba, por sua vez a destruir o prórprio mundo natural passando a sentir as suas trágicas consequencias.
O homem atual precisa recordar de seus referenciasi cósmicos e a ampliar seu mundo, não apenas o mundo de seu trabalho, de sua família  e etc, mas o mundo ampliado, o mais próximo possível da noção de cosmos.
A luz recorda o sol, Cristo mesmo diz ser a luz do mundo (ego sum lux mundi) a luz é a primeira criatura no livro do Genesis, a luz que tudo revela, que revela as cores, as formas e a verdade. Mesmo que não tenhamos  o sol podemo ter a vela e a vela acesa do síriopascal recorda a luz de Cristo, desse mod se orientamos a visçaõ da nave da igreja para o círio estaremos orientando a nossa igreja pela simbologia do sol nascente alfa e omega, α Ω.
Α água, que corre nos rios, as águas do rio Jordção, as águas estão presente s também no espaçõ religioso na pia batismal, a água viva, como Cristo apresentou para a samaritana no poço de Jacó, a água que quem toma nunca mais terá sede.
A terra e a pesra são outros fortes simbolos, foi sobre a pedra que Abraão ofereceu seu sacrifício a Deus, doi na pedra que Jacó sonhou com  a escada dos anjos, a pedra removida do túmulo de Lázaro e apedra removida do próprio sepulcro onde esteve sepultado Cristo,essa pedra é recordada pelo Ambão da Palavra, porque a pedra removida apresenta para fora, Cristo se mostra agora como ressuscitado.

Cristo ressuscitado, do grego o pantocrator, Παντωκρατορ.

o ambão, pedra onde se anuncia Cristo ressuscitado.


O sentido da pintura religiosa Εικονες

Desde o príodo das catacumbas, a arte cristã tem-se utilizado de pinturas. As pinturas foram utilizadas nas basílicas romanas e no curso do antigo i´mpério romano.
Na regiçaõ do Império bizantino as pinturas ganharam um relevo de destaque, essas pinturas foram chamadas de ícones εικονες, de ícones decorre a deirvação iconografia, εικονογραφία , a escrita de ícones, porque se diz escrito e não pintado, justamente porque o ícone é a transmissção das sagradas escrituras.
O ícone assume uma atitude catequética, além da catequese os ícones se associaram a uma espiritualidade mística.

azulejos

A arte dos azulejos está presente no Brasil desde a época colonial, Portugal e Espanha são países notáveis nessa arte.
O azulejo eé uma pintura sujeita ao forno, portanto resiste às intempéries podendo ser aplicado em áreas externas ou internas.
O azulejo produz uma arte leve e pode ser utilizado nos mais diversos estilos artísticos.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Azulejos, criação de azulejos para capelas e paróquias



O azulejo resgata uma tradição. è sujeito à queima e  forno, após este processo resiste às intempéries. Permite uma visualização objetiva e direta.O azulejo valoriza uma tradição ibérica, Portugal e Espanha, são países muito ricos na azulejaria e o Brasil, como herdeiro das tradições portuguesas prolonga esta tradição.

Batistério da igreja de São José



Na Paróqui de São José desenvolvi uma arte clássica, como podemos verificar em outras postagens não é este tipo de arte que preoondera em meu trabalho, mas porque isto, poderíamos nos perguntar.
A principal razão foi a unidade do espaço, a arte já possuía exemplares de arte clássica, a fim de manter uma unidade a proposta que se mostra foi executada. Cores suaves, praticamente pouco envelhecidas, de modo a trazer serenidade.

Face de Cristo na capela da mesma paróquia já com certas caracteríticas bizantinas, estilo mais frequente em meus trabalhos.